jpg001O maior e mais prolífico médium psicógrafo do mundo, Francisco Cândido Xavier em todas as épocas nasceu em Pedro Leopoldo, modesta cidade de Minas Gerais, Brasil, em 2 de abril de 1910. Viveu, desde 1959, em Uberaba, no mesmo Estado, desencarnando no dia 30 de junho de 2002, dia em que o Brasil sagrou-se pentacampeão mundial de futebol. Seu desenlace ocorreu pacificamente, no próprio lar, onde foi encontrado sereno, ainda em atitude de prece a Deus. Conforme revelara a amigos mais íntimos, tinha o desejo de partir num dia em que o “povo brasileiro estivesse muito feliz”.

Completou o curso primário, apenas.

Pais: João Cândido Xavier e Maria João de Deus, desencarnados em 1960 e 1915, respectivamente.

Infância difícil; foi caixeiro de armazém e modesto funcionário público, aposentado desde 1958.

Em 8 de julho de 1927 participa de sua primeira reunião espírita.

Até 1931 recebe muitas poesias e mensagens, várias das quais saíram a público, estampadas, à revelia do médium, em jornais e revistas, como de autoria de F. Xavier.

Fonte: www.chicoxavieruberaba.com.br